Fenacef - Federação Nacional das Associações de Aposentados e Pensionistas da CEF

Itens filtrados por data: Terça, 06 Março 2018

Baixe aplicativo para votar no Processo Eleitoral

Publicado em Notícias

Votação, de 2 a 4 de abril, será pelo Autoatendimento do app e do Portal

A votação das Eleições FUNCEF 2018 se dará exclusivamente por meio de ambiente no Autoatendimento no Portal ou no aplicativo da Fundação. Se você ainda não tem o aplicativo, basta baixá-lo na Apple Store, para Iphones ou Ipads, e na Play Store, para telefones ou tablets com o sistema android, como os das marcas Samsung, LG, Alcatel, Motorola e Sony. O app é gratuito nas duas lojas.

Veja, a seguir, o passo a passo para baixar o aplicativo na Play Store:

1) Ao abrir a Play Store, escreva FUNCEF na lupa de pesquisa. Ao ver a logomarca da FUNCEF, clique sobre ela, conforme imagem a abaixo.

teladeabertura.png

2) Na tela seguinte, clique em instalar para baixar o aplicativo. Será mostrado o andamento do download, conforme imagens a seguir:

tela2instalarandroid.png

tela3androig.png

3) Concluída a instalação, clique em abrir para ter acesso a todos os serviços oferecidos pelo aplicativo, tais como o Autoatendimento, ambiente para votação nas Eleições FUNCEF 2018, notícias, empréstimos e concessão de benefícios.

tela4android.png

4) Para passar a ter acesso às funcionalidades do app, é só inserir o CPF e a senha do Autoatendimento, a mesma usada no Portal da FUNCEF, e clicar em acessar. Você poderá, se desejar, salvar a senha para o aplicativo abrir automaticamente nas próximas vezes.

tela5android.png

5) Com o login liberado, o participante deverá acessar o ambiente da votação no Autoatendimento do aplicativo e clicar na chapa que deseja votar.

tela6android.png

Para Iphone, o caminho é o mesmo, mas o aplicativo será baixado na Apple Store.

Se tiver alguma dúvida sobre como baixar ou acessar o app da FUNCEF, ligue para a Central de Relacionamento 0800 706 9000, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, exceto feriados.

Comunicação Social da FUNCEF

Leia mais

Áudios e vídeos trazem informes sobre Eleição

Coordenador da Comissão Eleitoral pede afastamento

Comissão divulga chapas inscritas

Eleições da FUNCEF contam com app para votação

Comissão Eleitoral divulga Edital nº 03

Três chapas em processo de inscrição

Veja o que muda no pleito deste ano

Quem pode concorrer à diretoria e conselhos

Passo a passo para recuperar login e senha

Informe aos participantes

Saiba como declarar apoio à chapa

Conheça os membros da Comissão Eleitoral

Divulgados dois novos editais

Hotsite do processo eleitoral está no ar

Participantes deverão cadastrar e-mail para votar

Prazo para cadastro das chapas está aberto

Divulgados edital e regulamento

Formada comissão para processo eleitoral 2018

Equacionamento 2015 começa em março

Publicado em Notícias

Plano foi aprovado pela SEST

O plano de equacionamento do deficit do REG/Replan Não Saldado de 2015 será implementado na folha de 20 de março. Ele prevê a cobrança de taxa extraordinária pelo prazo de 237 meses.

A Fundação recebeu manifestação favorável da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST) do Ministério do Planejamento em 16 de fevereiro, etapa obrigatória para se iniciar a cobrança.

As alíquotas de contribuição de participantes, assistidos e patrocinadora seguirão os moldes da contribuição normal, de acordo com a tabela abaixo. 

tabela_aliquota_03.jpg

*As faixas e parcelas redutoras variam em função do Teto do INSS em vigor

 

Exemplo de cálculo da contribuição extraordinária

Para mostrar como se usa a tabela para calcular a contribuição extraordinária, vamos tomar como exemplo um participante ativo com salário de R$ 6 mil e o atual teto de R$ 5.645,80 do INSS. São apenas dois passos:

1º passo

Aplique a alíquota correspondente à sua faixa salarial.  No exemplo em questão, seria de 13,14% sobre os R$ 6 mil, ou R$ 788,40.

tabela_aliquota_03a.jpg

*As faixas e parcelas redutoras variam em função do Teto do INSS em vigor

2º passo

Deduza do valor da alíquota o valor indicado como “Parcela Redutora” na tabela. O participante deste exemplo faria o seguinte cálculo:

R$ 6 mil x 13,14% = R$ 788,40

R$ 788,40 – R$ 528,73 = R$ 259,67

Neste caso, a cobrança efetiva de R$ 259,67 corresponde a 4,33% do salário de R$ 6 mil, valor inferior ao apontado para a faixa 3.

O efetivo valor de cobrança será sempre inferior àquele dado pelas linhas da tabela para salários ou benefícios superiores a ½ teto do INSS.

As alíquotas serão aplicáveis sobre o salário de participação ou benefício, incluindo-se o 13º. Participantes optantes pelo instituto do autopatrocínio (total ou parcial) ou benefício proporcional diferido (BPD) deverão considerar o pagamento da parcela individual dos participantes acrescida da contrapartida patronal.

 

Formas de cobrança

Ativos: o desconto será realizado em folha pela Caixa; 

Assistidos: o desconto será realizado em folha pela própria FUNCEF;

Optantes pelos institutos do autopatrocínio ou BPD: por meio de boleto bancário ou débito em conta corrente.

 

Mais informações

Para acessar o Portal de equacionamento FUNCEF, clique aqui

FUNCEF divulga planos de equacionamento 2016

FENACEF - Federação Nacional das Associações de Aposentados e Pensionistas da CEF | SCS QD. 01 Ed. Central • 7º andar - Salas 701 e 708 Brasília / DF - CEP 70.304-900 | Fone: (61) 3322-7061 - Fax: (61) 3225-1999 | Site desenvolvido por BR6

Topo Versão Desktop